Domingo Fuck Yea # 33




Ola Manolada!

O assunto do Domingo Fuck Yea de hoje surgiu na cabeça a partir de um caso meu. Essa semana, o acesso a Internet de uma boa galera aqui em São Paulo ficou debilitado. A pior parte foi quando fiquei sem Internet uma noite inteirinha. Nesse dia, fiquei muito inquieta, não sabia o que fazer... Isso me mostrou o quanto eu era viciada em Internet. Por essa razão, vamos falar sobre vícios em coisas, principalmente em jogos e objetos tecnológicos.

Se liguem só nesse garoto tentando jogar Unreal Tournament. Existem outras traduções (brincadeiras) com esse mesmo vídeo (Alemão Doido jogando CS, Alemão Doido jogando Tíbia). 
Um caso de Vício Puro, dá até medo!
HUAHUAhUahUahuahUahUahuAhUAhuAhuAhuA!

Nesse próximo vídeo, nos deparamos com o manolo viciado em World Of Warcraft (de acordo com o título). O irmão BROTHER filmou tudo. Vê aí!

Credo meu!
hUAhUAhUHauHAuHAuHAUHAuHauHAU!


Esse último vídeo é espetacular, até eu que não curto tanto Play Station fiquei com dó. A namorada não aguentou o vício do namorado e mandou ver!

Vixe! O cara deve ter matado a garota depois!
HAuHAUUAhUAhUauahuahuahuHauHaUHauHauHauA!



Bom manolada por hoje é só. Esses casos são extremos demais, mas lembre-se: Jogar e ficar no computador é muito bacana, mas tomem cuidado com os excessos para não te atrapalharem né manolo viciado? HAuHauHauhauHUAA!

Bom Domingo!

5 comentários

César Ferreira disse...

nossa O primeiro é terrivel

Cesar Eduardo disse...

vou cuidar mais do meu PS3.....

Anônimo disse...

Puts,os 2 primeiros foram sinistros,joga é uma coisa mais isso...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Na verdade,no primeiro video o garoo se filmou porque houve um massacre na escola dele e ele se filmou para mostrar como os cara se comportavam,ai uma empresa de TV pediu autorizaçao pra usar o video e falou que o pai dele filmou ele fazendo essas coisas e ele ficou com essa fama.
O correto é Garoto Alemão Irritado e nao Garoto Alemão Doido

Anônimo disse...

qualquer um que destruir meu ps3 pode se considerar morto

Postar um comentário